Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Surto

Novo levantamento aponta que Santa Maria tem 510 casos de toxoplasmose

Nos relatório de 1º de junho, município tinha 485 registros da doença
08/06/2018 21:49 08/06/2018 21:52

Divulgação/Secretaria de Saúde RS
Surto de toxoplasmose em Santa Maria é considerado pelas autoridades como um dos maiores do RS
Governo do Estado e prefeitura de Santa Maria divulgaram, nesta sexta-feira (8), novo boletim atualizado sobre a investigação do surto de toxoplasmose no município. De acordo com o documento, a cidade tem 1.213 casos notificados e 907 suspeitos. Destes, 510 casos foram confirmados com exames laboratoriais. Dos casos suspeitos, além dos confirmados, 185 foram descartados e 212 seguem sob investigação. No dia 1º de junho, balanço indicava 485 casos confirmados.

Em relação à distribuição de casos por bairro de residência, o boletim informa que, dos 510 casos confirmados, 441 ocorrências são de pessoas residentes em Santa Maria (86,5%), cinco casos (0,9%) são moradores dos distritos e sete casos (1,4%) são pacientes que residem em municípios vizinhos.

Bairros com maiores registros da doença

• Tancredo Neves e Pinheiro Machado com 63 casos cada bairro (14,3%);
• Juscelino Kubitscheck, com 44 casos (10,0%);
• Centro, com 35 casos (7,9%);
• Nova Santa Marta, com 34 casos (7,7%) e
• Urlândia, com 26 casos (5,9%).

Laboratório recebe novas amostras da água da cidade

Nessa semana foram coletadas mais sete amostras de água no município. O material foi encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen) para análise em primeira triagem. Quatro amostras foram retiradas de açudes, duas amostras de poços artesianos e uma coleta em vertente d’água. Ainda, os técnicos recolheram duas amostras de lodo dos reservatórios de água e mais duas de água dos reservatórios em localidades onde existem registros de casos confirmados.

Do Lacen, as coletas serão encaminhadas para a Universidade Estadual de Londrina, no Paraná, na próxima semana. Os resultados devem ser conhecidos em até 15 dias.



Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS