Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Dia dos Namorados

No comércio, clientela namora as vitrines

Frio injetou ânimo, mas casais flertam com o bolso antes de comprar
11/06/2018 09:31 11/06/2018 09:31


{$midia.ds_cremd}/{$midia.ds_midia_credi}
{$midia.ds_midia}
Com a persistência da crise corre-se tanto para não ser engolido pelos boletos que muita gente nem se deu conta: na próxima terça-feira já é 12 de junho, Dia dos Namorados. A data é importante para o comércio e este ano vem bem acompanhada do frio. “A chegada do frio ajudou porque já estávamos com roupas de meia-estação e inverno e fazia muito calor”, lembra a vendedora Thaís da Silva, 25, vendedora de uma loja no Calçadão da Tiradentes. “Não senti um movimento específico de namorados, mas as mulheres têm aproveitado mais as promoções.”

Segundo ela, o que mais tem saído são casacos-tricô e jaquetões. “Aqui tem a partir de R$ 99 até 199, só que a gente sabe que a mesma em outras lojas saem por R$ 300”, conta Thaís. “O Dia dos Namorados do ano passado acho que foi melhor, mas como ainda tem alguns dias pela frente quem sabe minha opinião muda.” Por enquanto, ao que parece, tem muita gente mais afim de namorar a vitrine e que passar o cartão na maquininha. E olha que as vitrines estão bem enfeitadas e oferecem promoções. Foi assim no sábado pela manhã.

A expectativa é que o efeito “última hora” de confirme e a clientela apareça, surpreendendo, até a terça-feira. Ao mesmo tempo, os lojistas torcem pela permanência do frio, exceto o vendedor de sorvete e de bebidas geladas, claro. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), depois da friaca de sábado, a segunda-feira ter máximas de 29 graus e chuva. O Dia dos Namorados terá mínima de 15 e máxima de 22 graus com tempo seco, apesar de encoberto. Já na quarta-feira, apesar do sol, o frio deve voltar, com possibilidade de seis graus de mínima. É sempre bom lembrar do “efeito cebola”: as tardes seguem quentes e no finalzinho do dia, os termômetros voltam lá para baixo. O inverno oficialmente chega só em 21 de junho, uma quinta-feira.

A torcida agora é para que a inadimplência não prejudique a capacidade (e o desejo de compra) dos namorados. Em maio, a Fecomércio-RS registrou recuo no nível de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) se comparado ao mesmo mês do ano passado. Os dados mostram que o percentual ficou em 67,5% (contra 71,1% de 2017). No entanto, na comparação com abril, o indicador sofreu aumento.

Otimismo, apesar de tudo

A Associação Gaúcha do Varejo (AGV) mantém a tradicional confiança, apesar dos reflexos da paralisação dos caminhoneiros, desemprego e falta de dinheiro circulando no mercado: em pesquisa sobre intenção de compra na data, quando questionados sobre como escolher o presente, 65,7% admitiu sondar o(a) companheiro(a) para saber o que gostaria de ganhar. A pretensão de compras é, em sua maioria, por artigos pessoais (40,6%), seguido por algo que seja “a cara dele/a” (25,1%). O valor que será investido para 34,3% é entre R$ 51 e R$ 100 e, para 25,7%, deve ser entre R$ 101 e R$ 150. Outros 19,4% admitiram que gastarão mais de R$ 200 (14,3%, entre R$ 150 e R$ 200).


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS