Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Espetáculo multimídia

Teatro e tecnologia para atrair a gurizada no espetáculo Para que servem as coisas

"Para que servem as coisas?" presenteia crianças com espetáculo gratuito
16/05/2018 10:45 16/05/2018 10:57

Teatro multimediaDe 17 a 27 de maio a Antiga Estação de Trem no Centro vira palco de teatro infantil gratuito. O Coletivo Cena Expandida apresenta a peça “Para que servem as coisas?” às quintas e sextas-feiras às 15 horas e aos sábados e domingos às 16 horas.
É a história de um menino que sofre um pequeno acidente nas primeiras tentativas de andar de bicicleta sem rodinhas. A mãe decide vender a bicicleta a uma loja de consertos gerais. É aí que o guri descobre que os objetos têm vida e não estão estragados, mas querem apenas mudar de função. A direção geral e dramaturgia é de Thais Fernandes e Tainah Dadda. “É pensar a reutilização dos objetos como metáfora de respeito às diferenças”, explica. “Há uma escada que não abre e nem fecha, pois, na verdade, é uma estante de livros.”
Além de toda a dramaturgia, criativa e bem elaborada, a criançada deve ficar de queixo caído com os efeitos visuais. Um ator em cena contracena com projeções. “Há elementos tecnológicos de cenário, cubos e outros elementos tridimensionais”, conta Tainah. “A antiga estação é perfeita para esse trabalho, não é uma projeção apenas na parede há interação entre ator e tecnologia.” Uma curiosidade é que algumas das imagens projetadas foram concebidas pelas próprias crianças de Canoas no ano passado. “Visitamos escolas municipais, fizemos a contação da história e as crianças fizeram os desenhos.” O projeto conta com o financiamento do PIC 2014.
O ator em cena é Douglas Dias, com o desafio de atuar de maneira solta e divertida com elementos tecnológicos. “Já trabalhei em outro espetáculo com esse recurso de vídeo mapping, mas para público adulto, vamos nos divertir bastante”, brinca. “Não é só a questão tecnológica, as professoras terão bastante material para trabalhar em aula.” É importante o público ficar atento a um detalhe: as senhas são distribuídas uma hora antes e a capacidade máxima para cada sessão é de 40 pessoas.

Serviço:
Para que servem as coisas? – Coletivo Cena Expandida – Gratuito
De 17 a 27 de maio
Quintas e sextas-feiras às 15 horas e sábados e domingos às 16 horas
Antiga Estação do Trem – Avenida Victor Barreto, 2301, Centro


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS