Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Acessibilidade

Cadeirantes estão de equipamento novo após entrega da Acadef

Entidade presta acompanhamento e é referência na região
14/04/2018 09:27 14/04/2018 09:28

Foram mais 36 cadeiras de rodas, da marca Ottobock modelo M1, adquiridas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e entregues pela Associação Canoense de Deficientes Físicos (Acadef), em um evento realizado na tarde desta sexta-feira. Os contemplados foram moradores de Canoas e cidades dos Vales dos Sinos e Paranhana, cadastrados na entidade. A cada mês, a Acadef faz esse repasse aos deficientes que possuem encaminhamento médico solicitando o equipamento.
 Antes de receber as novas cadeiras, o doutor Jivago Di Napoli junto a outros médicos da equipe, mostrou as qualidades e a forma de manuseá-las. Ele destacou que elas são feitas em alumínio aeronáutico sem soldas. “Essas cadeiras são importadas e possuem selo de qualidade europeu. São umas das mais leves do mercado e são muito resistentes”.

Felicidade
 O analista de suportes Diogo Almeida, de 24 anos, está feliz com sua nova cadeira. “Terei mais agilidade para trabalhar, a minha cadeira velha é de ferro e bem pesada”. Para Rosângela Martins, que a 54 anos se desloca em cadeiras, disse que há anos esperou por essa oportunidade. “A minha cadeira é muito ruim e eu nem saia de casa. Agora vou aproveitar e me deslocar por onde der”.

700 na fila de espera
A Acadef é referência para 23 municípios da Grande Porto Alegre e segundo doutor Jivago, há mais de 700 solicitações de cadeiras de rodas que estão em lista de espera junto a Secretaria Estadual da Saúde. “A aquisição delas é feita pelo SUS, mas os requerimentos partes das unidades de saúde. Há mais de 700 pessoas esperando as cadeiras, mas o que já receberam as seguem com acompanhamento clínico e terapêutico e as cadeiras passam por uma revisão a cada dois anos”.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS