Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Calombos

Depois de alagar, um buraco, e agora falta asfaltar

Rua das Acácias e Flamboyant, no Igara, aguardam solução da Prefeitura
13/03/2018 14:05 13/03/2018 14:06


buraco FlamboyantEm maio do ano passado o Diário de Canoas esteve na Rua das Acácias, no bairro Igara, para conhecer os “calombos” que eram motivo de reclamação dos moradores. Além da via com pedras irregulares, havia queixa de seguidos alagamentos. A Prefeitura apontou para o problema no sistema de esgoto, de responsabilidade da Corsan. Em agosto, a situação piorou: uma catera abriu, engoliu um carro, mas depois foi resolvido.

O novo capítulo é a brita colocada na rua, na altura do número 50. “Metade desse trecho tem essas pedras de calçamento, a outra metade esta assim com esse pó”, reclama a atendente Patrícia Amaral, 50. “Cria estes buracos, estes desníveis e atrapalha os carros.” Quando chove é aquela lambuzeira. Ali existem dois hotéis tradicionais e o pó que levanta acaba exigindo trabalho redobrado das equipes de limpeza. O pior é que não é só na Acácias. A Rua da esquina, a Flamboyant, enfrenta o problema que deu origem a série de reportagens até agora: os famosos “calombos” na pista. Para alertar quem trafega, os moradores colocaram galhos. “Está tão desnivelado que os motoqueiros quase caem quando passam por aqui”, alerta Patrícia. Entre a vizinhança, há um impasse se a região deve ser asfaltada ou as pedras do calçamento devem ser mantidas. O que é unanimidade é que ninguém quer que a situação fique como está. “É um incômodo para todos e pode ser perigoso.”

O que diz a Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Canoas informou que o material que compõe a pavimentação trata-se de um sistema de adequação do solo para impermeabilização da água da chuva. “Esta é uma característica de toda a região. O sistema se torna mais eficiente que o asfalto quando o assunto é o escoamento da água, visto que a absorção é muito mais rápida.” Não há planos para pavimentação da via com asfalto.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS