Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Ônibus

Sogal pede reajuste da passagem de ônibus: R$ 4,49

Informação é do secretário de Transporte e Mobilidade, Ademir Zanetti
07/03/2018 18:31 07/03/2018 18:32

coletivos são seminovos adquiridos a R$ 130 mil do RJPedido lá em cima da concessionária de um lado, estudos de planilha pela Prefeitura e aumento da passagem de ônibus certo até, no máximo, início de abril. Quem confirma é o secretário municipal de Transportes e Mobilidade, Ademir Zanetti. “O pedido da empresa foi um aumento dos atuais R$ 3,75 para R$ 4,49”, salienta. Mas o novo valor ainda não está definido. “É o cálculo da concessionária, a Prefeitura faz os seus, pode contrapor o valor, o Conselho de Transporte aprova ou não.” De acordo com o secretário, o pedido de aumento é justificado pela compra de 16 ônibus zero no ano passado (ao valor unitário de R$ 400 mil), o dissídio dos funcionários (6%) e o aumento do combustível. A boa notícia é que mais 17 ônibus (seminovos) serão incorporados à frota da cidade, que terá 135 ônibus. Todos terão GPS, internet e ar-condicionado e serão acessíveis a pessoas com deficiência.

Seminovos
Questionado sobre a aquisição de seminovos, Zanetti salienta que a lei municipal foi alterada para proporcionar a compra viável de ônibus em bom estado, sem impactar na tarifa. “Em vez de 10 anos, hoje a frota de Canoas pode ter no máximo 16 anos”, aponta. “Quando a nova gestão assumiu, dos 125 veículos, 56 estavam em desconformidade, tinha até 17 anos.” O secretário salienta que são veículos em ótimas condições. “Vem do Rio de Janeiro ao preço de R$ 130 mil e têm apenas 40 mil quilômetros, sendo que é comum ônibus com 800 mil quilômetros.” Foram feitos testes em Canoas e os coletivos passaram. “ Foram testados cinco e tiveram ampla aprovação dos aspectos técnicas”, ressalta. “O titular de Transportes salienta que um dos compromissos da atual gestão é fiscalizar e fazer cumprir o contrato com a concessionária. “Os coletivos quebram muito menos hoje, o percentual que era de 2,6% caiu para 0,8%, sendo que 2% já seria uma média adequada”, reitera. “Pegamos uma frota com 50% dos ônibus adaptados e alcançamos agora 75%.”


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS