Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Grêmio 3 x 0 Noia

Alívio de um lado, pressão do outro

Tricolor goleia o Novo Hamburgo por 3 a 0 e respira mais aliviado no Estadual, quando o Anilado fica em situação ainda mais complicada
24/02/2018 22:13 24/02/2018 22:15

Juarez Machado/GES
Jael comemora o terceiro gol do Grêmio para decepção dos jogadores anilados
Mesmo com um time reserva e sem se esforçar muito, o Grêmio não teve dificuldades para golear o Novo Hamburgo por 3 a 0, na noite deste sábado, na Arena, pela 9° rodada do Gauchão. A vitória tirou o o Tricolor da lanterna e da zona de rebaixamento do Estadual. Agora, o time de Renato Portaluppi ocupa a 9° colocação, com 7 pontos. Já o Noia perdeu uma posição, caindo para o 11° lugar, com 6 pontos, dentro da zona da degola. Enquanto o Tricolor foca a Libertadores, onde estreia na próxima terça-feira, contra o Defensor, no Uruguai, o Anilado terá que se virar para fugir da queda para a Divisão de Acesso nas últimas três rodadas. O próximo desafio é na sexta-feira, no Vale, diante do Brasil-Pel.

Vinte e quatro segundos é muito pouco tempo, mas foi o suficiente para o Grêmio abrir o placar. Os jogadores anilados apenas assistiram a troca de passes do primeiro ataque tricolor no jogo. Jael rolou para Thonny Anderson, que tirou com categoria do zagueiro Júlio Santos, e bateu rasteiro no canto esquerdo de Michel Alves: 1 a 0. O que já era complicado ficou ainda mais difícil. Pouco depois, aos 12min, Michel cabeceou no travessão e quase ampliou.

Sem poder ofensivo, o Noia só foi levar perigo aos 22min, quando Ricardo Lobo aproveitou escanteio e, de cabeça, concluiu por cima do gol. Aos 33min, veio o segundo gol do Grêmio. Mais uma vez uma tabela dentro da área anilada. Thonny Anderson lançou Jael que tirou do goleiro tocando para o meio da área, onde Michel entrava para mandar para as redes: 2 a 0. Jean Silva ainda arriscou da entrada da área, aos 43min, mas o chute saiu fraco e no meio do gol para uma defesa fácil de Paulo Victor.

Na etapa final, o Anilado seguiu sem demonstrar a garra necessária para tentar reverter o placar. A equipe parecia acomodada com a falta de opções. A única chance veio com Branquinho, que acertou o travessão em chute de fora da área aos 30min. Mas foi pouco, muito pouco para o atual campeão gaúcho. Melhor para o Grêmio. Maicosuel foi derrubado na área aos 42min. Jael cobrou o pênalti e definiu o placar: 3 a 0. Agora, mais tranquilos, os gremistas encaram a Libertadores. O Anilado, ainda mais pressionado, tem uma missão complicada pela frente para fugir do rebaixamento. Terá que buscar cinco pontos nas últimas três rodadas.

GRÊMIO

Paulo Victor; Madson, Paulo Miranda, Bressan e Marcelo Oliveira; Jailson (Alisson), Michel, Ramiro e Thonny Anderson (Lima); Everton (Maicosuel) e Jael. Técnico - Renato Portaluppi.

NOVO HAMBURGO

Michel Alves; Bindé, Roberto Dias, Júlio Santos e Assis; David (Renan), Diogo Oliveira, Zotti (Henrique Santos) e Juninho; Jean Silva e Ricardo Lobo (Branquinho). Técnico - Beto Campos.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS