Jornais
FECHAR
  • Jornal NH
  • Jornal VS
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 12/12/2014 - 08h29
Última atualização em 12/12/2014 - 14h17

Suplente de vereador de Campo Bom é apontado como líder de quadrilha de roubo e extorsão

Grupo agia nas cidades de Campo Bom, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Sapiranga e Estância Velha

Imagens

 
Entre os presos em uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira, está um suplente de vereador de Campo Bom. Marcelo Cecéu é apontado como líder do grupo e foi detido com outras pessoas que estariam envolvidas em um esquema de roubo e furto de veículos e extorsão na região. A ação, uma operação conjunta entre Promotoria de Justiça de Campo Bom, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Assessoria de Segurança Institucional do Ministério Público e Brigada Militar do Vale do Sinos, ocorreu nas cidades de Campo Bom, Novo Hamburgo e São Leopoldo. 
 
A quadrilha agia também em Sapiranga e Estância Velha e, segundo as investigações, entre julho e dezembro de 2014, a quadrilha furtou ou roubou, mediante ameaça de arma de fogo, mais de 20 veículos, entre carros populares e motos, além de alterar placas de carros roubados para venda posterior. Como resgate, solicitavam o pagamento de valores entre R$ 600 e R$ 2,5 mil. O ganho líquido semanal do grupo criminoso, já denunciado ao Judiciário, é estimado em R$ 25 mil. A quadrilha era organizada a partir de um bar no bairro Canudos, em Novo Hamburgo, de propriedade do líder do bando.
 
Lá, eram realizadas reuniões entre os membros do grupo, bem como encontro com as vítimas para o pagamento dos resgates. Os principais alvos eram carros mais antigos, pois os criminosos deduziam que os proprietários não teriam seguro e se tornariam presas fáceis aos pedidos de resgate.
 
O Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Marcelo Dornelles; e a Promotora de Justiça Ivanda Grapiglia Valiati concederam coletiva de imprensa às 11 horas na sede da Promotoria de Justiça de Campo Bom (Avenida dos Estados, 850). Na entrevista foi informado que foram apreendidos armamentos, toucas ninjas e até uma farda da Guarda Municipal de Novo Hamburgo, que não se saber se é autêntica ou falsa. Mais de 90 profissionais atuaram na ação deflagrada às 4h30 desta sexta na região.
 

Publicidade