Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Canoas Paixão pet

Vereadores criam o parlamento de bem-estar animal

Proposta do vereador Cris Moares (PV) reúne parlamentares de 16 cidades da região metropolitana

Publicado em: 27.10.2021 às 03:00

A paixão pelos bichos aproxima as pessoas. Exemplo disso é a criação do Parlamento Metropolitano de Proteção, Direito e Bem-Estar Animal, iniciativa do vereador canoense Cris Moares (PV). "Aglutinar 'protetores-vereadores' de 16 diferentes cidades e partidos é complicado, mas tudo fica mais fácil quando falamos da causa animal", afirma.

Evento na Câmara de Canoas, sábado, debateu políticas públicas e elegeu mesa diretora
Evento na Câmara de Canoas, sábado, debateu políticas públicas e elegeu mesa diretora Foto: Felipe Figueiró/Divulgação Câmara Municipal
Segundo Cris, o coletivo nasce com o intuito de juntar as forças parlamentares da região metropolitana a fim de buscar avanços para a bandeira defendida.

Desde maio deste ano, ele trabalha na estratégia e montagem do Parlamento, reunindo vereadores, organizando eventos e fazendo os contatos políticos para tornar viável o projeto, lançado na Câmara Municipal de Canoas no último sábado (23).

"Me sinto feliz por termos alcançado esse número de cidades e de participantes. Isso é muito importante para nós, que lutamos pela causa animal há mais de uma década", destacou Moraes durante o encontro no Legislativo Canoense, que reuniu 17 vereadores de 15 municípios, atuantes na pauta dos animais.

Contra as agressões

O Parlamento, que foi criado através de uma Resolução na Câmara Municipal de Canoas, traz como justificativa que, nos dias atuais, a prática de agressão aos animais tem sido comprovadamente cada vez mais frequente.

Na Região Metropolitana da Grande Porto Alegre, conforme o documento, há uma estimativa de que existam 500 mil cães e gatos errantes, ou seja, animais em situação de abandono. E é com base neste número e seu aumento gradativo que o Parlamento foi criado.

Além da troca de experiências entre os parlamentares e da discussão de políticas públicas para a causa animal em nível estadual, o encontro também elegeu a mesa diretora do Parlamento, composta por Cris Moraes (PV), de Canoas, como presidente; Nilse Maria (MDB), de São Sebastião do Caí, como vice-presidente; Dirceu Linden (PDB), de Igrejinha, como 1º secretário, Greici Medina (PSD), de Sapiranga, como secretária geral; Veridiana Pacheco (PRTB), de Sapucaia, como secretária de relações institucionais e Luirce Paz (PL), de Cruz Alta, como membro fiscal convidado.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.