Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Mudanças no trânsito

Troca de parada, de mão e fim do estacionamento

Para burlar tranqueira, trânsito do Centro sofre alterações até fevereiro
03/01/2018 08:32 03/01/2018 09:40

A grita nas redes sociais tem sido grande. Mas o secretário municipal de Transportes e Mobilidade de Canoas, Ademir Zanetti, garante a troca do paradão dos ônibus da Nova Santa Rita, no Centro, ainda para este mês. Passará a operar no terminal da Avenida Guilherme Schell. A data exata não foi informada até o momento. Os motoristas, no entanto, têm que ir se preparando porque, até fevereiro, essa não será a única alteração prevista para a região, conforme o secretário.
Problemática nos horários de pico, a situação ponto de embarque e desembarque de alunos na escola particular da Avenida Victor Barreto deve melhorar até o retorno letivo. E não só pela alteração da parada. “Não será mais permitido estacionar junto ao muro do trem das 7 às 19 horas”, ressalta Zanetti. “Com isso, ganha-se uma pista, haverá três livres, uma fica para os pais procederem o embarque e desembarque dos alunos à direita.” Serão medidas implantadas de maneira gradual. Circulam por ali, uma média de 138 coletivos por hora.
O titular de transportes ressalta que está sendo feito um estudo amplo para analisar os impactos e beneficiar a pedestres e condutores da transformação viária em pontos importantes do Centro. Em 21 de novembro (uma terça-feira), por meio das câmeras, foi realizada contagem de fluxo de veículos nas duas pontas, na área das Ruas Domingos Martins (Ruas 15 de Janeiro e Muck) e Muck (Avenida Victor Barreto). “Em duas horas pela manhã, na Victor Barreto, perto da escola, foram 1,4 mil carros”, aponta. “À tarde e à noite 1,7 mil veículos por turno no período de contagem.”
A iniciativa de inverter o sentido da Rua Muck, anunciada anteriormente, agora é vista com mais cautela. Mas seria estratégica para evitar a competição por espaço em frente à escola. “Os dados mostram um potencial de circulação muito grande na Muck e faz com que reexaminemos para ter certeza de que a via comportaria uma alteração assim”, ressalta. Hoje, os carros são proibidos de ingressar na via pela Avenida Victor Barreto, onde existe um ponto de táxi. “Com isso, entram 302 veículos por hora na Domingos Martins que fazem conversão à direita e saem para à Rua 15 de janeiro.”
Para amenizar possíveis impactos, a Prefeitura analisa adotar um terceiro tempo no semáforo da Rua 15 de janeiro com a Muck (invertida) para evitar futuro conflito – e novo ponto de tranqueira nessa convivência pedestres, ônibus, motos e outros carros. “Reconhecemos que a caixa da Muck para um aumento significativo de circulação é pequena, mas estamos analisando”, destaca. Só que uma coisa é certa, não seria possível estender as alterações perto da BR-116. “Lá em cima no trecho da Avenida Getúlio Vargas seria muito difícil implantar por causa do problema de acesso à via.”

Já uma antiga reivindicação de moradores pode sair do papel até fevereiro. “Na Regente Feijó, vamos proibir o estacionamento nos dois lados com a Rua 15 de janeiro”, salienta. “Aí poderemos deixar em duas mãos o tráfego.” Atualmente, Canoas tem uma frota de 186 mil veículos circulando pela cidade. Dá um carro para cada dois moradores, segundo dados da Secretaria.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS