Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Tentações culinárias

É possível controlar a comilança do fim de ano? Veja dicas de nutricionistas

Natal e ano-novo estão chegando e com eles a fartura dos alimentos nas refeições
18/12/2017 09:47 18/12/2017 09:49

Pixabay/Divulgação
Sucos detox ajudam a diminuir a gordura corporal, reduzir o inchaço de quem sofre com retenção hídrica e fortalecer a imunidade geral
As festas de fim de ano estão chegando e, com elas, as comilanças. Neste período do ano fica difícil resistir às tentações culinárias, feitas especialmente para as integrações do Natal e do ano-novo. É um momento de muitas confraternizações nas escolas, nos ambientes de trabalho e nas famílias, e a preocupação em não exagerar também aparece, mas o que fazer para não cair em tentação e tentar manter o equilíbrio alimentar?

A nutricionista Flávia Camargo da Fonseca, de Taquara, dá a dica. “Sempre acredito que moderação e equilíbrio são o segredo. Devemos procurar também receitas mais saudáveis para as festas como montar taças de frutas de todas as cores, pois comemos muito pelos olhos”, ressalta.

Ela também explica que é possível comer de tudo, mas sempre em pequenas porções. “Procurar fazer lanches leves antes de ir para as festas e evitar petiscos. E nunca esquecer de beber muita água. A ceia de Natal e ano-novo pode ser saudável, equilibrada e muito gostosa”, opina a nutricionista.

Rotina saudável

A nutricionista Flávia Camargo da Fonseca também destaca que para não ter dor de consciência em comer um pouco a mais ou até mesmo passar mal é preciso manter uma rotina saudável de alimentação durante o ano. “Essa rotina é o mais importante para que possamos curtir as festas sem medo de extrapolar”, ensina.

Saúde em primeiro lugar

A nutricionista Flávia explica que, principalmente nesta época do ano, as pessoas precisam comer muitas frutas, frutas secas, verduras, legumes, oleaginosas e muita água para manter a saúde em dia. Porém para aqueles que extrapolam seria importante seguir uma dieta detox. “O primeiro passo é adotar uma dieta detox, sem açúcares, gorduras, carne vermelha, industrializados e farinhas brancas. Abusar de alimentos que aceleram nosso metabolismo tipo pimenta, canela, gengibre, óleo de coco, chá-verde, chá de hibisco. Acrescentar muito líquidos na dieta, como água, chás, água de coco. E por final voltar a rotina de exercícios físicos”, reforça.

Neste época do ano e também em outros períodos, a nutricionista recomenda evitar alguns tipos de alimentos, para não prejudicar a saúde. “É importante evitar o consumo de alimentos industrializados, açúcares, gorduras saturadas, sódio, refrigerantes, carboidratos simples”, enumera.

Outra dica da nutricionista é cuidar com a hidratação. “O importante no verão é termos muito cuidado com a desidratação, portanto precisamos aumentar a ingestão hídrica, sem esperar ter a sensação de sede. O mais importante é a água, mas podemos tomar também água de coco, chás gelados e sucos naturais. A alimentação no verão deve ser mais leve, a base de frutas, verduras, grãos integrais, carnes brancas e assadas”, recomenda Flávia.

Gasto calórico

Uma dica para este período de comilança é não deixar de fazer atividade física. Em períodos onde a ingestão calórica é maior, é necessário que o gasto calórico também seja maior. Assim, se consegue manter a balança de ingestão x gasto calórico equilibrada, minimizando os efeitos dos exageros de final de ano.

“Os maiores vilões da ceia de Natal são as sobremesas, farofa, carne de porco e salpicão. Para tornar essas receitas mais saudáveis, substitua o creme de leite por iogurte, as preparações fritas por assadas, a farinha de mandioca industrializada por farinha de oleaginosas e a batata por batata doce ou aipim nos acompanhamentos”, comenta Roberta Lima, que é nutricionista da seleção olímpica de judô.

Outra sugestão é a ingestão de sucos e água. Eles ajudam os órgãos (como rins, fígado e intestino) a reduzir as toxinas do organismo e a balancear seus componentes. De alguns anos pra cá, os sucos detox ganharam espaço e viraram os queridinhos do universo fitness. O consumo regular dessas bebidas diminui a gordura corporal, reduz o inchaço de quem sofre com retenção hídrica e fortalece a imunidade geral.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS