Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Entrega do MQ3C

Ano novo, moradia nova e própria para 376 famílias

Entrega das chaves ocorreu nesta quarta-feira

Por Andrei Fialho
Última atualização: 21.12.2017 às 11:08

Mais que um teto ou um endereço para 376 famílias de Canoas, foram anos de espera para a obtenção do imóvel próprio, que podem chamar de lar. Na manhã desta quarta, ocorreu o ato de entrega das chaves do Bloco MQ3C, no bairro Guajuviras. O conjunto habitacional foi construído em parceria por Caixa Econômica Federal (CEF), governo do Estado e prefeitura de Canoas e integra o programa Minha Casa, Minha Vida.
 Antes de se iniciar a cerimônia de inauguração, mais de mil pessoas estavam sorridentes e ansiosas para colocar as mãos nas chaves do imóvel. A realização do sonho e da dignidade dessas pessoas teve investimento de
R$ 16 milhões da Caixa e de R$ 1,5 milhões pelo governo do Estado. A prefeitura cedeu o terreno para a construção dos blocos de apartamentos.

SELEÇÃO
 A seleção dos contemplados foi feita pela
Fundação La Salle, com as mulheres chefes de família como titulares dos apartamentos. Um dos critérios utilizados que as famílias tivessem renda igual ou menor a R$ 1,8 mil. Depois da entrega das chaves, as famílias começam a pagar prestações à Caixa, com valor médio de
R$ 150.
 O evento teve as presenças do ministro do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira, do vice-presidente corporativo da Caixa Antônio Pereira, do secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação Fabiano Pereira e do prefeito de Canoas Luiz Carlos Busato.

MINISTRO REPRESENTOU TEMER
Fazendo as honras do governo Federal, o ministro do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira, enfatizou a retomada do programa Minha Casa, Minha Vida como prioridade. “Com a crise e as mudanças na política brasileira, encontramos inúmeras obras paradas. De 2014 a 2016, tudo parou no Brasil. Agora que conseguimos organizar a economia, estamos concluindo as obras pendentes em todo o país”.
 Representando a Caixa Econômica, Antônio Pereira elogiou todo o processo desenrolado na construção em Canoas. “Todos fizeram sua parte. Está tudo perfeito. A construtora cumpriu o prazo e entregou tudo com muita qualidade. Por contrato, a empresa tem mais um período no qual deve fazer as manutenções, caso seja necessário”.

DISTRITO INDUSTRIAL
A área em frente ao condomínio irá se tornar um distrito industrial, projetou o prefeito Luiz Carlos Busato. “As pessoas já têm lar digno. Agora, é preciso garantir emprego e renda para que todos possam aumentar sua cidadania”. O prefeito aproveitou para anunciar que a prefeitura comprou 35 viaturas. “Vamos dar um salto de segurança! Daremos 22 camionetas para as polícias trabalharem em Canoas, e as outras 13 serão para nossa Guarda Municipal”.
 O secretário estadual de Obras Fabiano Pereira apontou que o governo do Estado é parceiro nos projetos de moradia da Caixa Federal, e que em Canoas o investimento foi de
R$ 1,5 milhão. “Do que o governo investiu aqui, foi como se déssemos um cheque de
R$ 5 mil a cada um dos contemplados. Essa foi a aplicação por cada imóvel”, garantiu.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.