Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
R$ 187 mil em investimentos

Os alagamentos estão com os dias contados

Serão investidos mais de R$ 187 mil em obras em bairros como o Rio Branco
06/12/2017 09:06 06/12/2017 13:43


Vinicius Thormann/PMC
Intervenções no bairro ajudaram a diminuir pontos históricos de alagamentos
Há anos morando em uma pequena casa no bairro Rio Branco, dona Maria Gerelli cansou de ter que levantar os móveis sempre que chove. É que a Rua Veranópolis, onde vive, vira um verdadeiro banhado a cada chuva forte. E não alaga só a rua dela, segundo a aposentada. "Isso não acontece só aqui em casa, mas em todo o bairro", garante a aposentada. "A Irineu [Avenida Engenheiro Irineu Carvalho Bragavira] vira um piscinão", aponta. Pois foi por isso que ela tomou uma medida radical e patrocinou uma obra trabalhosa, mas que garantiu que toda a sua casa fosse levantada quase 30 cm. "Eu não aguentava mais ficar levantando móveis", desabafa a mulher de 60 anos. "Então agora eu não preciso mais passar por isso, mas coitados dos vizinhos." Muita calma, dona Maria. Toda essa água está com os dias contados. Pelo menos é o que anuncia a Prefeitura de Canoas.

O bairro Rio Branco, de acordo com a própria administração municipal, era sempre um dos mais atingidos pelas chuvas. E por isso está recebendo atenção mais que especial. A boa notícia é que a Secretaria Municipal de Obras (SMO) já recebeu recursos do Governo Federal destinados somente a melhorar a situação no local. Tudo graças a um decreto emitido em junho para captar dinheiro e executar obras. É por esta razão que a prefeitura tem trabalhado muito na área para minimizar o impacto dos alagamentos. Desde o meio do ano que operários fazem reparos nos canais de microdrenagem. "Já não alaga mais como antes", confirma a dona de casa Loreni Siqueira, também moradora do bairro, mas da Rua Hermes da Fonseca. "A gente vê eles trabalhando seguido, coisa que não acontecia antes."

Trabalho nos canos que ninguém nunca viu

A solicitação de obras de melhorias para o Rio Branco e toda a cidade foi feita em junho pelo prefeito Luiz Carlos Busato. A partir daí, o Ministério da Integração Nacional avaliou a liberação de recursos, enfim liberados. Coube a Secretaria de Obras, juntamente com a Secretaria Municipal de Projetos Especiais, Captação e Inovação (SMPECI) e a Defesa Civil de Canoas, elaborar um projeto com diferentes metas, tendo como objetivo a realização de obras nos sistemas de macro e microdrenagem no município.

“Neste momento, quatro metas do projeto já estão em fase de execução. Duas delas no bairro Rio Branco, que sempre é muito atingido pelos temporais", frisa o secretário adjunto de Obras, Robson Borges. "Aqui no bairro estão sendo realizados serviços de hidrojateamento e também de limpeza nas bocas de lobo, desobstruindo as redes de esgoto, fazendo com que a água da chuva escoe com mais rapidez e evite alagamentos”, explica. "Eu duvido que os moradores tenham visto um trabalho semelhante feito nos canoas", afirma.

Mais de R$ 187 mil serão investidos

Ao todo, mais de R$ 187 mil serão investidos em obras e serviços para terminar com os alagamentos de Canoas. As próximas metas a serem executadas serão a desobstrução do canal de macrodrenagem e recomposição do Arroio Araçá, além da reconstrução de bueiros na avenida Antônio Frederico Ozanam, no bairro Brigadeira. “Estamos em permanente busca por recursos federais para a execução destas importantes obras", garante o responsável pela captação de recursos. "O objetivo é a prevenção das consequências causadas pelos desastres naturais, diminuindo assim os transtornos à comunidade canoense”, conclui o secretário Dirceu Franciscon.

O prefeito foi lá

Divulgação
Prefeito visitou os bairros mais afetados
Logo que assumiu a prefeitura, Luiz Carlos Busato foi bombardeado devido a chuva que deixou Canoas debaixo d'água, literalmente. Em junho, um novo temporal causou estragos por toda a cidade. No entanto, nesta época, máquinas e homens já trabalhavam para resolver o problema. O próprio prefeito visitou os bairros mais atingidos, constatando ele mesmo que canos entupidos de lixo não dão vazão na água. Busato acompanhou a retirada de toneladas de lixo de tubulações e valas da cidade.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS