Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Tragédia

Pior incêndio em décadas em Nova York deixa 12 mortos

Causas do fogo ainda são investigadas
29/12/2017 07:03 29/12/2017 07:09

Amir Levy /GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Incêndio em prédio residencial deixou 12 mortos em Nova York
Doze pessoas morreram na quinta-feira (28) à noite no pior incêndio registrado em Nova York em décadas, quando as chamas destruíram o primeiro andar de um prédio de apartamentos no bairro do Bronx.

"Lamento informar que 12 nova-iorquinos morreram, incluindo um menino de um ano", declarou o prefeito Bill de Blasio aos jornalistas, após os bombeiros apagarem as chamas

O prefeito advertiu que o número de vítimas pode aumentar. "Há quatro pessoas gravemente feridas que lutam por suas vidas e outros feridos graves", disse.

"Este é o pior incêndio que registramos nesta cidade em pelo menos 25 anos", completou Bill de Blasio.

Os bombeiros conseguiram resgatar 12 pessoas, mas a inspeção no edifício prossegue em busca de outras possíveis vítimas. Os mortos tinham idades entre um e 50 anos, destacou o prefeito.

A causa do incêndio está sendo investigada, mas já se sabe que começou no primeiro andar de um prédio de 25 apartamentos e quatro andares e atingiu rapidamente o segundo andar, revelaram os funcionários da prefeitura.

"Esta tragédia é histórica, sem nenhuma dúvida, por sua magnitude", destacou o comandante do corpo de bombeiros de Nova York, Daniel Nigo.

"Estamos em choque por estas perdas", disse.

Uma escola próxima ao local da tragédia foi transformada em abrigo de emergência para os moradores do prédio incendiado, já que a cidade tem uma semana de muito frio, com temperatura próxima a 10 graus negativos.

O frio dificultou ainda mais o trabalho dos bombeiros para apagar as chamas.



Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS