Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Invicto em 2017

A história do canoense que escolheu o Uruguai para brilhar no MMA

Douglas Abreu se naturalizou uruguaio para representar o país vizinho em competições internacionais
29/12/2017 17:05 29/12/2017 17:05


Arquivo pessoal
Lutador treina para o Campeonato Uruguaio, que ocorrerá em fevereiro
Um canoense de coração e uruguaio por opção. O lutador de Artes Marciais Mistas (MMA) Douglas Abreu está de passagem por sua terra natal após três temporadas morando no país vizinho onde, inclusive, se naturalizou. “Me apaixonei pelo lugar e a naturalização veio em maio, com o objetivo de representar o Uruguai em competições”, conta.

Aos 25 anos, Douglas vive seu melhor momento no esporte. Em 2017 foram seis lutas. Saiu vencedor em todas. O desempenho o credenciou para disputar o título uruguaio de MMA, em fevereiro.

Por aqui, o atleta, além de descansar, pretende dar aulas em parceria com academias, o que já faz lá fora. “Ensino cerca de 70 alunos em Montevidéu. Desde que cheguei ao Uruguai tenho viajado pela América do Sul, repassando um pouco do que aprendi”, revela Abreu.

Sonho de encarar um campeão mundial


Moreno Carvalho/GES-Especial
Atleta está na cidade e procura parceria para dar aulas
Apesar de ser um vitorioso no esporte, Douglas Abreu não vive o glamour dos famosos lutadores das grandes ligas como o Bellator e, especialmente, o UFC. E, como qualquer desportista, ele também vive de sonhos. Ser um lutador do UFC não é, diretamente, um desejo. “O que eu quero é lutar contra um campeão mundial. É só o que preciso: entrar na jaula contra um deles para mostrar o meu valor”, revela.

Abreu conta que tenta sempre estar perto de onde estão os grandes lutadores do mundo. “Em 2018, pretendo ir para a Europa lutar”, projeta.

Sobre seu estilo, ele fala de uma mescla. “Sou cria do jiu-jitsu, gosto de judiar dos adversários até desistirem da luta. Mas, nas últimas lutas, melhorei muito na trocação”.

"Sou mais conhecido lá do que aqui"

“No Uruguai, sou muito mais conhecido e valorizado do que aqui. Tenho orgulho de ser canoense e de ter começado com professores da cidade, mas as condições lá são melhores. Em Canoas, há poucas competições regionais”, explica Douglas Abreu que treinou com o mestre Valmir Teles no início da carreira. Hoje, seu treinador é Jaime Gomes, de Porto Alegre.

Saiba mais

Douglas Abreu, 25 anos, disputa na categoria até 66kg, o peso pena.

No MMA, o lutador está há seis anos. A carreira de atleta iniciou no boxe, onde foi campeão estadual, em 2012.

Depois, migrou para o jiu-jitsu, quando se aperfeiçoou em lutar no chão.

Em 2015, foi campeão sul-brasileiro de submission.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS