Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Piratini

Estado quita folha para 61 mil servidores nesta quinta-feira

O pagamento aos demais servidores está previsto para acontecer até o dia 13 de dezembro
29/11/2017 18:18 29/11/2017 18:22

Alex Rocha/Palácio Piratini
Secretaria estadual da Fazenda
O governo do Estado dá início, nesta quinta-feira (30), ao pagamento da folha do mês de novembro quitando os salários para os servidores com rendimento líquido de até R$ 1.200, o que contempla integralmente um total de 61.139 vínculos do Poder Executivo. Estes pagamentos orçam em R$ 59,7 milhões.

Ao longo de novembro, a arrecadação líquida ficou em R$ 2,441 bilhões, enquanto que as despesas chegaram a R$ 3,581 bilhões (incluindo o valor de R$ 995 milhões da folha de outubro). Receitas extraordinárias previstas para este mês, como a antecipação dos créditos do Fomentar RS, acabaram não se confirmando, o que elevou a insuficiência financeira para R$ 1,140 bilhão no período.

O pagamento aos demais servidores está previsto para acontecer até o dia 13 de dezembro, de acordo com o ingresso de receita. A parte líquida da folha de novembro ficou em R$ 1,188 bilhão (sem considerar as consignações – empréstimos bancários).

O Poder Executivo contempla 342.646 vínculos entre ativos, inativos e pensionistas. Pelo terceiro mês consecutivo, o pagamento dos salários segue uma orientação do governador José Ivo Sartori de pagar antes os que ganham menos.

13º salário

Também nesta quinta-feira (30) será creditada a última parcela (12ª etapa) do 13º salário de 2016 para todos os servidores (independente do vencimento líquido), o que representa o desencaixe de outros R$ 102 milhões.

Já os funcionários vinculados às fundações receberão amanhã a metade do 13º salário de 2017, o que representa cerca de 12 milhões de reais. São cerca de 5.200 contratos regidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). O salário do mês para os celetistas representa 25 milhões de reais e está confirmado para a próxima segunda-feira.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS