Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Educação

Candidatos do Enem encerram segundo dia e avaliam prova como difícil

Segundo dia de provas desafiou estudantes com exames de matemática e ciências da natureza
12/11/2017 19:37 12/11/2017 19:46

Fernando Frazão/Agência Brasil
Saída de candidatos no segundo dia de provas do Enem na universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. Após duas horas do início o aluno pode deixar o local e 30 minutos antes do fim sair com o caderno de questões

No segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, candidatos consideraram difíceis as provas matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). Enquanto alguns avaliaram que o nível de dificuldade da prova deste ano estava semelhante à de anos anteriores, outros consideram que o Enem 2017 foi mais técnico, exigindo mais conteúdo específico das disciplinas.

Participando do Enem pela primeira vez, o estudante Vitor Vilar, 18 anos, disse que a prova estava difícil, principalmente as questões de ciências da natureza. ?A prova foi bem abrangente, mas tive mais dificuldade com os conteúdos mais específicos. Senti a prova bem conteudista para a reputação do Enem,  bastante técnica?, disse ao deixar o local de prova.

A universitária Ana Clara Botafogo, 20 anos, fez o Enem pela terceira vez. Estudante de engenharia da Universidade de Brasília (UnB), ela pretende usar a nota do exame para tentar uma vaga em uma universidade de Portugal. Para ela, a prova estava difícil e parecida com os anos anteriores "de mediana a difícil?. ?Achei a prova tranquila, um pouco cansativa, muitas horas. Tinha bastante química orgânica, muita geometria espacial?, contou.

Também estreante no Enem, a estudante Maria Eduarda Alves Ribeiro, 17 anos, avaliou que a prova estava ?fácil?, mas que poderia ter se preparado melhor. Ela está concluindo o 3° ano do ensino médio.  ?A prova exigiu mais o conteúdo hoje, inclusive de algumas coisas que não vi e não estudei. Caiu um pouco de tudo. Acho que não estava muito preparada, porque não estudei o suficiente, mas deu para fazer?, disse.

Neste ano, pela primeira vez, a prova foi realizada em dois domingos. Hoje os candidatos tiveram quatro horas e 30 minutos para concluir a prova, com 90 questões objetivas.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS