Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Virginia

Pela primeira vez, transgênero é eleita deputada nos Estados Unidos

Democrata Danica Roem venceu o conservador Bob Marshall
08/11/2017 10:24 08/11/2017 10:24

Paul J. Richards/AFP
Danica começou sua transição de gênero há quatro anos e dedicou a vitória 'a cada pessoa que já foi apontada, julgada ou estigmatizada'
Pela primeira vez na história dos Estados Unidos, uma transgênero foi eleita para um cargo legislativo. Nessa terça-feira (7) a democrata Danica Roem foi escolhida representante da Assembleia Legislativa do estado da Virginia. Danica venceu o conservador Bob Marshall na disputa por uma vaga na assembleia - cargo semelhante ao de deputado estadual no Brasil. 

A campanha no estado acabou polarizada sobre o debate dos direitos de homossexuais e transgêneros. O republicano Bob Marshall, de 73 anos, é um político experiente, conservador e luta contra o movimento pela igualdade de gênero. 

Durante a campanha, Marshall não quis participar de debates com Danica Roem e não se referia a ela como mulher, mas como homem, seguindo a identidade biológica da ex-jornalista. 

A imprensa americana destacou que Danica fez ampla campanha em cada distrito do estado e obteve cerca de 500 mil dólares em doações. Ela lidera um movimento por mais representantes transgêneros na política americana.

Danica, de 33 anos, venceu as eleições defendendo, como primeira plataforma, melhorias no tráfego urbano e procurou deixar o debate sobre a transsexualidade como tema secundário. Ela começou sua transição de gênero há quatro anos e dedicou a vitória "a cada pessoa que já foi apontada, julgada ou estigmatizada".

Também houve eleições para governadores na Virginia e em New Jersey. Os candidatos democratas ao governo ganharam dos republicanos, o que representa uma derrota. Nos Estados Unidos, nem todas as eleições estaduais ocorrem de maneira unificada como no Brasil e há renovação parcial do Legislativo.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS