Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
12 de Outubro

Todo o cuidado na busca pelos brinquedos das crianças

Procon recomenda evitar a compra de brinquedos sem procedência. Data já movimento lojas da cidade
06/10/2017 14:42 06/10/2017 14:44

PAULO PIRES/GES
Consumidores já estão na busca pelo presento do Dia das Crianças
No mês das crianças, os cuidados nas compras de brinquedos deve ser redobrado, como alertar o Procon/RS. Na compra de brinquedos, é sempre importante manter o cuidado na verificação na embalagem: a faixa etária sugerida, os dados do fabricante, as instruções de uso e de montagem, se contém o selo de segurança emitido pelo Inmetro–que aponta que o item foi fabricado de acordo com as normas técnicas vigentes e, principalmente, se o produto é original. As orientações são reforçadas pelo diretor do Procon de Canoas, Gilmar PedruzzI. “Os pais não devem comprar produtos pirateados, sem procedência ou garantias. É um risco e pode trazer muitos prejuízos”, salienta Pedruzzi.

Neste período, também são comuns as tradicionais trocas de presentes, especialmente de vestuário. O diretor do Procon em Canoas explica que esta não é uma obrigatoriedade. “Apenas ocorre no caso de ter um defeito comprovado. É uma liberalidade da loja, boa parte adota esta medida cultural”, esclarece. Em casos de problemas com os produtos, o Código de Defesa do Consumidor determina o prazo de 30 dias para reclamações sobre vícios aparentes ou de fácil constatação no caso de produtos não duráveis e de 90 dias para itens duráveis, contados a partir da constatação do problema.

Movimento
Com ou sem crise, a criançada não pode ficar sem presente, segundo a aposentada Itamara da Silva, 55 anos. Ela resolveu se antecipar e evitar filas na compra de um brinquedo para o neto, de 7 anos. “Ele que escolheu e não posso decepcionar ele”, diz a avó coruja. 

Na loja de brinquedos, do Centro da cidade, onde Itamara comprava o presente, a supervisora comentava percepção de melhora no movimento. “Já estamos notando maior procura, principalmente por presentes de menor custo, mas sai mais são os brinquedos tradicionais, como carrinhos e bonecas”, revela Priscila Garcia e conta que há presentes de R$ 5 a R$ 699 disponíveis. “Tem para todos os bolsos e parcelamos em até seis vezes para facilitar a compra”, diz a supervisora que aposta na manutenção do desempenho do período no ano passado.

Crescimento entre 5 e 6%
As vendas do comércio varejista gaúcho neste 12 de outubro devem apresentar uma alta real de 5% na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo avaliação econômica Dia das Crianças 2017, divulgada pela Fecomércio-RS, a conjuntura de juros mais baixos e inadimplência em queda completa um cenário favorável para as vendas.
Considerado o segundo melhor mês de vendas do ano nas lojas, outubro deve ser marcado por uma importante recuperação de negócios, segundo previsões da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS). A expectativa é que o volume de vendas deva registrar crescimento de aproximadamente 6% diante dos registrados no mesmo período do ano passado, com o ticket médio estimado em R$ 100.


Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS