Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
TOP 5

Opinião: lembre outros clássicos que renovaram visualmente a ficção no cinema

Metrópolis, 2001 - Uma Odisseia no Espaço, Guerra nas Estrelas, Alien e Matrix entre os filmes
06/10/2017 11:45 06/10/2017 11:46

Metrópolis (1927) – O clássico mudo alemão filmado pelo austríaco Fritz Lang permanece como uma obra colossal, cuja influência pode ser vista até hoje em produções como o próprio “Blade Runner.” Marco do expressionismo, o filme promove uma alegoria sobre a luta de classes que é ilustrada de forma brilhantemente gótica, com cenários monumentais e cenas de multidão que seriam impossíveis de imaginar com os efeitos à disposição naquela época.

2001 – Uma Odisseia no Espaço (1968) – O gênero se divide entre antes e depois deste marco lançado por Stanley Kubrick. Até hoje, amantes da Sétima Arte discutem o significado das imagens da obra, uma das mais complexas do cinema. De quebra, o longa se tornou o modelo para qualquer um que pense em filmar o espaço, tudo graças a efeitos especiais que ainda hoje são impressionantes.

Guerra nas Estrelas (1977) – Toda a década de 80 foi inundada de viagens intergalácticas graças ao sucesso da aventura espacial lançada no Brasil no final dos anos 70. Os técnicos da Industrial Light & Magic tornam possíveis os maiores devaneios de George Lucas, renovando para sempre a aventura no cinema.

Alien (1979) – Em uma época em que Luke Skywalker e Darth Vader lutavam em uma galáxia “bonitinha”, Ridley Scott ousou unir ficção, suspense e terror ao promover o primeiro filme do monstro gosmento em um cenário sujo e pesado. O resultando foi um clássico instantâneo, com um dos visuais mais espetaculares da história do cinema, lamentavelmente desperdiçado em sequências bobas e que pouco acrescentaram ao brilho do original.

Matrix (1999) – De original, o misto de aventura e ficção perpetrado pelos então “irmãos” Wachowski tinha pouco, afinal de contas suas influências foram tantas que tudo não passava de uma colagem. Porém, o visual escuro e gótico misturado a alta tecnologia catapultou o cinema para o século 21. Levou muito tempo para que o entretenimento se desligasse da chamada “estética Matrix.” Só esqueça as sequências!

  • Star Wars - Guerra nas Estrelas (1977)
    Foto: Divulgação
  • Metrópolis (1927)
    Foto: Divulgação
  • Matrix (1999)
    Foto: Divulgação
  • 2001 - Uma Odisseia no Espaço (1968)
    Foto: Divulgação
  • Alien (1979)
    Foto: Divulgação



Diário de Canoas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS