Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Greve

Magistério segue mobilizado contra parcelamento

Categoria afirma que 70% das escolas de Canoas aderiram a greve

Divulgação
Professores estaduais registraram boletim de ocorrência contra o parcelamento de salários
Pelo menos 70% das escolas estaduais de Canoas e Nova Santa Rita estão em greve parcial ou total. A informação é do Cpers Sindicato, que representa a categoria de professores. Segundo o coordenador regional, Pablo Henrique dos Santos, mesmo com os pagamentos de parcelas do salário, realizados pelo executivo, a categoria continua mobilizada. “A greve é por tempo indeterminado, pelo fim dos atrasos dos salários. Sabemos que em outubro a parcela será ainda menor”, alerta Santos e ressalta que a categoria não deve ter corte no ponto. “A greve justa e não deve ter desconto. Não vamos negociar nem fazer recuperação de greve ate que se discuta o fim dos atrasos”, salienta o responsável pela regional do Cpers.

A 27ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) foi procurada para comentar a adesão de escolas ao movimento, mas não respondeu aos contatos da reportagem. Na última segunda-feira, professores e policiais civis registraram boletim de ocorrência denunciando os atrasos salariais do governo estadual. “A ideia é registrar que existe um crime, porque temos uma situação em que vários colegas não tem dinheiro para pagar as contas”, comenta um dos participantes do ato, o professor Alex de Oliveira e complementa: “ A ideia é que passe para o Ministério Público e vire queixa-crime contra o governador e então passe para a Assembleia Legislativa gaúcha.”

Pagamento

O governo do Estado autorizou o crédito dos valores finais da folha de agosto dos servidores do Poder Executivo. Uma faixa de até R$ 750,00 líquidos, por matrícula, estava prevista para terça-feira (12). As duas faixas restantes, uma de até R$ 3.000,00 por vínculo e o saldo, estarão disponíveis para saque nesta quarta-feira (13).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS