Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Transporte

Aeromóvel será licitado no fim do ano

Prefeitura propõe que empresa que assumir seja responsável pelos investimentos

Aeromóvel deverá transportar cerca de 3,4 mil passageiros por hora na linha 1A concessão do aeromóvel de Canoas deve ser licitado até o final deste ano, de acordo com o prefeito Luiz Carlos Busato. No entanto, o projeto passou por mudanças da proposta econômica. Segundo o prefeito, o projeto endividava o Município em quase R$ 1 bilhão em aproximadamente 30 anos. “Inviabiliza o Município. No ano que vem já teríamos que pagar e ficaríamos sem dinheiro para educação e outras contas importantes”, resume.
A mudança propõe que todos os custos partam da empresa que assumir a operação do aeromóvel, incluindo os R$ 63 milhões já executados pela gestão passada, com as remoções da rede elétrica e adutoras da Avenida Boqueirão, além de trilhões, ventiladores e vagões já adquiridos. “As remoções da rede elétrica e adutoras ficam de herança para a cidade, caso o aeromóvel não saia, o problema seria os equipamentos já comprados, que tiveram pagamento adiantado de R$ 20 milhões pela gestão anterior”, aponta Busato.
O diretor executivo da Aeromóvel Brasil, Marcus Coester, está otimista com a licitação prevista para dezembro. “Percebemos a intenção da prefeitura de retomar o projeto e outras cidades d aregião também estão evoluindo nos projetos do aeromóvel”, comenta Coester.

Concessão ônibus
O edital de licitação está sendo elaborado para as três linhas previstas no projeto do aeromóvel, sendo a primeira a ser executada que liga a Estação Mathias Velho a Avenida 17 de Abril, no Guajuviras.
O certame ainda prevê a concessão do serviço de transporte de passageiros feito pelas linhas de ônibus da cidade. “É uma licitação global, prevista pelo projeto. Se não houver interessados, ano que vem faremos apenas a licitação de ônibus”, revela o prefeito. A empresa Sogal, responsável pelo serviço, tem contrato até outubro do ano que vem.

Projeto há 17 estações

O aeromóvel pretende beneficiar 211 mil pessoas na cidade. Atualmente, está em obras a linha Leste-Oeste, que ligará os bairros Mathias Velho e Guajuviras, integrado com o trensurb. No projeto há 17 estações distribuídas em 12 km de extensão. Todo sistema de transporte de massa terá 18 km de linhas, com 26 estações e capacidade prevista para até 12 mil passageiros/hora no pico, e de 82 mil por dia.
Em Cachoeirinha um estudo vai avaliar a viabilidade do transporte, pela Aeromóvel Brasil. A ideia já pensada para Cachoeirinha é utilizar o eixo central na cidade. Já em São Leopoldo, nos próximos 60 dias será feita uma consulta, sobre a implementação do aeromóvel em diferentes trechos da cidade. Entre esses possíveis trechos contemplariam linhas da Unisinos até o Trensurb, do trem até o centro da cidade e uma no bairro Scharlau.

Saiba mais
A licitação para construção das estações da linha 1 do Aeromóvel foi suspensa pela Prefeitura de Canoas. A decisão por tempo indeterminado foi publicada no Diário Oficial. O assunto foi notícia do Diário de Canoas de janeiro deste ano. "A decisão se deve ao fato de que a atual gestão pretende conhecer melhor todos os contratos em andamento. A prefeitura optou por suspender a licitação para análise", informava nota da Prefeitura.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS