Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Brasileirão

Grêmio vai com equipe mista, mas cheio de vontade

Tricolor enfrenta o Vasco neste sábado, às 18 horas, no Rio

Lucas Uebel/Grêmio
Everton deve começar na titularidade neste sábado
Um time misto, mas cheio de vontade de vencer o Vasco, na noite deste sábado, às 18 horas, no Estádio São Januário, e colar de vez no líder Corinthians. Desta maneira o Grêmio vai a campo no seu primeiro compromisso no Rio de Janeiro, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro – quarta-feira joga contra o Botafogo pela Libertadores. Apesar de não poder contar com sua principal arma, Luan, que teve um edema na coxa, o Tricolor garante dedicação total para vencer os cariocas em um estádio que não terá a presença de torcidas – o cruzmaltino cumpre punição imposta pelo STJD. Com 43 pontos e na vice-liderança, o Grêmio também vai torcer para que o Santos vença o Corinthians, neste domingo, na Vila Belmiro. Caso isso aconteça, a diferença entre as equipes reduz para quatro pontos.

E para o jogo deste sábado, uma coisa é certa: mistério total nos 11 que começarão a partida. O técnico Renato Portaluppi não deu pistas de quem começa o jogo mas apontou algumas alternativas, principalmente para o ataque. O comandante poderia usar o peruano Beto da Silva ou o equatoriano Arroyo, ambos sem ritmo de jogo. Ou então, optar pelo mais garantido, formando uma dupla de ataque com Everton e Lucas Barrios.

Independente de quem vai atuar, o Grêmio quer manter o retrospecto positivo. Foram 79 confrontos diante dos vascaínos na história, onde o Tricolor venceu 35 partidas e perdeu 25, tendo 19 empates.

VASCO
Martín Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Wellington, Escudero, Wagner, Mateus Vital e Nenê; Andres Ríos.
Técnico: Zé Ricardo

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo, Bressan, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Fernandinho, Léo Moura e Everton; Lucas Barrios.
Técnico: Renato Portaluppi


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS