Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Novo Hamburgo

Domingo é último dia para aproveitar as raridades da Expoclassic

Evento segue até as 18h30 nos pavilhões da Fenac

  • Evento segue até as 18 horas deste domingo (20), na Fenac
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Expoclassic é atração para a família toda
    Foto: Juarez Machado/GES
  • Pavilhões da Fenac abrem às 9 horas para o último dia da Expoclassic
    Foto: Juarez Machado/GES
A paixão por carros antigos fez com que o dentista Rafael Precci, 34 anos e a esposa, a jornalista Ana Beatriz Precci, 30, saíssem do Rio de Janeiro com destino a Novo Hamburgo. Tudo para conhecer de perto a Expoclassic que teve início na última sexta, 18. “Há quatro anos a gente pensava em vir para o evento, mas nunca dava. E desta vez conseguimos. Temos um Fusca, um Variant, um Vectra SGT e moto CG 125. Mas não trouxemos nenhum, viemos mesmo para ver os veículos”, conta Rafael. “Eu gostei bastante, achei tudo muito organizado”, completa Ana Beatriz.

A 15ª edição da Expoclassic, que segue neste domingo (20), ocorre nos pavilhões da Fenac e conta com mais de 700 modelos, entre carros, caminhões, motos, ônibus e até bicicletas. “Acredito que chegaremos aos 18 mil visitantes. A chuva pode atrapalhar um pouco, mesmo sendo um evento coberto, mas estamos muito satisfeitos”, o vice-presidente do Veteran Car Club Novo Hamburgo, um dos promotores do evento, Evandro Scholles. Domingo, a Expoclassic funciona das 9 às 18h30. Os ingressos custam 15 reais (crianças, estudantes e idosos pagam meia), mesmo valor do estacionamento.

A Expoclassic é um evento para toda a família. “A gente gosta muito de carros antigos”, comenta o industriários Robson Silva, 41, de Gravataí, que estava acompanhado da esposa, a telefonista Maria Gamarra, 35, e a filha Luana Gamarra Silva.

Um dos veículos homenageados este ano na Expoclassic é o Galaxie, que completa 50 anos em 2017 e é considerado um dos ícones de Novo Hamburgo, que por um tempo foi a cidade que mais vendeu o modelo no Brasil. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS