Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Deu liga para o Galo

Inter é eliminado pelo Atlético-MG na Primeira Liga

Em noite inspirada do goleiro mineiro, o Colorado foi derrotado em casa por 1 a 0. Agora, atenção fica voltada apenas para a Série B

Ricardo Duarte/Inter
Nico López foi um dos destaques do Inter contra o Galo nesta quarta-feira
Quando a bola não quer entrar, não tem santo que ajude. Ou melhor, tem. O santo protetor dos goleiros, pois as defesas do arqueiro Giovanni garantiram ao Atlético-MG a vitória por 1 a 0 sobre o Inter, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, e a classificação mineira às semifinais da Copa da Primeira Liga. Com o resultado, o Colorado deu adeus à competição e foca todas suas atenções para a Série B do Campeonato Brasileiro. O Galo enfrenta o Paraná na semifinal, no sábado. 

Escalado com reservas, o Colorado não fez um bom primeiro tempo. Foram poucas as oportunidades de gol até a metade do tempo inicial. O Atlético-MG também não vinha bem, mas melhorou pouco antes do intervalo. Aos 38min, Clayton arriscou de longe e venceu o goleiro Marcelo Lomba: 1 a 0. Apesar do gol, o Inter não se entregou e teve a chance de empatar aos 41min, quando Camilo cobrou falta perigosa e o goleiro salvou. Foi a primeira de uma série de defesas milagrosas de Giovanni.

PASSOU NADA
Na etapa complementar, o Inter pediu pênalti aos 4min, quando Carlos foi deslocado na área por Giovanni, mas a arbitragem mandou o jogo seguir. Por jogar em casa, os vermelhos tentaram impor o jogo, mas o Galo levava perigo nos contra-ataques. Aos 20min, Fred recebeu de Clayton e perdeu um gol incrível. Depois disso, o Colorado passou a encurralar o time mineiro. Aos 31min, a zaga tirou de cima da linha o gol de Nico López, um dos grandes nomes da equipe gaúcha. Na sequência, Roberson teve boa oportunidade, mas chutou para fora.

E sabe aquela noite que “dá liga”, foi assim com o goleiro Giovanni. Aos 42min, o guardião da meta mineira salvou três chutes seguidos. Espalmou a bomba de Sasha de fora da área, rebateu a finalização de Nico López e ainda segurou a bola à queima roupa de Roberson. Em outra chance um minuto depois, Nico ainda acertou a trave. “Tentamos de todas as formas marcar. Teve bola na trave e o Giovanni teve uma noite de felicidade”, afirmou Camilo, que se machucou e jogou no sacrifício até o final da partida.

Vermelhas

O lateral-esquerdo Carlinhos voltou a treinar com bola nesta semana, após lesão muscular na coxa esquerda. O jogador deve ficar à disposição para o jogo contra o Juventude, no dia 9 de setembro, pela Série B do Brasileiro.

A Chapecoense quer contar com o atacante Roberson. Negociação pode avançar ainda esta semana.

Ficha Técnica

INTER

Marcelo Lomba; Junio, Ernando, Danilo Silva e Iago; Charles; Nico Lopez, Alex Santana (Edenílson), Camilo e Carlos (Sasha); Joanderson (Roberson). Técnico - Guto Ferreira.

ATLÉTICO-MG

Giovanni; Marcos Rocha, Bremer, Gabriel e Leonan (Mansur); Roger Bernardo, Yago, Valdívia (Ralph), Clayton (Marlone) e Robinho; Fred. Técnico - Rogério Micale.

Detalhes

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Horário - 19h30. Arbitragem - Bráulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Alex dos Santos (SC) Eli Alves Svideski (SC).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS