Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Polícia

Governo do Estado promete mais de mil PMs nas ruas

Os novos policiais se concentrarão, na maioria, em Porto Alegre e na Região Metropolitana, onde há índices mais expressivos de criminalidade.

Mais de mil novos soldados da Brigada Militar devem chegar às ruas do Estado ainda em julho. O reforço no policiamento ostensivo se dará antes do fim deste mês – a formatura da turma de aprovados no último concurso promovido pelo Estado, em 2014, está prevista para esta semana. Apenas em 2016, cerca de 1,2 mil policiais militares se aposentaram em todo o Estado.

Está marcada para a próxima quarta-feira, dia 19, a formatura da turma da Escola de Formação e Especialização de Soldados (EsFES) de Osório. No dia seguinte está programada a formatura da turma da EsFES de Montenegro. E, na sexta, a formatura das turmas de Canoas e Porto Alegre. no Ginásio Gigantinho, na Capital.

Os novos policiais se concentrarão, na maioria, em Porto Alegre e na Região Metropolitana, onde há índices mais expressivos de criminalidade. De acordo com o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal'Lago, a definição sobre os locais onde cada soldado atuará passa pela análise dos dados sobre crimes no Estado. Dal'Lago destacou que com a formatura dos novos soldados e o aporte de efetivo, pequenos municípios receberão atenção especial.

Curso de formação

O Curso Básico de Formação Policial Militar (CBFPM) começou em novembro de 2016. Durante os sete meses de treinamento, os futuros policiais militares cumpriram 1,6 mil horas/aula, distribuídas em 46 disciplinas – entre Técnica Policial-Militar, Uso de Arma de Fogo, Decisão de Tiro, Abordagem Policial e Preenchimento de Documentação Operacional, além de estágios operacionais. As aulas ocorreram em dois turnos, na Academia de Polícia Militar (APM), em Porto Alegre, e nas escolas de Formação e Especialização de Soldados (EsFES), em Montenegro e Osório, e também na Ulbra, em Canoas.

Reforço para Canoas

Durante a inauguração das novas vagas na Penitenciária de Canoas na semana passada, o prefeito Luiz Carlos Busato garantiu que "Canoas é um município que investe na segurança pública. Instituto Penal, delegacias da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, todos estão em prédios da prefeitura, que sustentamos. Precisamos dessa contrapartida para o município, que é grande e tem grandes problemas de segurança, que atacamos de frente. E tem o presídio. Precisamos de contrapartida na área policial. O que Canoas espera é o reforço de brigadianos e policiais civis. O governo do Estado não nos deu cronograma para isso, mas o (secretário de segurança, Cezar) Schirmer tem sido atencioso nesse sentido, e o governador tem sinalizado que dos 150 brigadianos, a maior parte ficará em Canoas. E é o que nós esperamos, porque tem uma turma que está se aposentando, então não podemos tirar da cidade para fazer o reforço aqui (na Penitenciária Estadual de Canoas).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS