Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Brasileirão

Grêmio vira sobre a Ponte Preta e segue na caça ao líder

Vitória por 3 a 1, de virada, na Arena, levou o Tricolor aos 28 pontos, oito atrás do líder Corinthians

Lucas Uebel/Grêmio
Com dois gols de Lucas Barrios, Grêmio virou o jogo no segundo tempo, após gol contra na primeira etapa, e ainda fechou com belo gol de Everton
Não adiantou a catimba e a retranca da Ponte Preta que estragou todo o primeiro tempo, neste domingo, na Arena. O Grêmio mostrou porque está na disputa por três títulos em uma vitória esmagadora de técnica e qualidade ofensiva. Não só isso, mas em uma única tacada acabou com o jejum de vitórias na Arena (eram dois jogos sem vitória em casa). Com o 3 a 1, ainda ficou mais perto do líder do Brasileirão, o Corinthians: o tricolor gaúcho chega aos 28 pontos contra 36 do Timão. Já a Ponte, que podia se afastar ainda mais da zona de rebaixamento (e no primeiro tempo deu a entender que o faria), apostou na cera, enrolou e, num erro monumental da defesa, acabou complicando a vida do Grêmio.

No começo do primeiro tempo ficou claro qual seria a tática da Ponte. Completamente retrancada e matando tempo, cada bola pra fora, cada tiro de meta, era uma oportunidade para matar o jogo. O Grêmio tentou de qualquer jeito entrar no campo do adversário, mas sequer conseguia chutar. No gol da Ponte, Aranha, o ex-goleiro do Santos que foi vítima de racismo na Arena, sequer precisou se esforçar muito. Aproveitou todas as oportunidades para esfriar o ânimo gremista. Foi só lá pelo final do primeiro tempo que os gaúchos conseguiram pressionar mais o adversário, mas, em um cruzamento da Ponte na linha de fundo gremista, a bola foi tirada de Marcelo Grohe pelo zagueiro tricolor Thyere, que em um carrinho, enfiou a bola no gol do Grêmio. O gol contra abriu o placar e presenteou o jogo mormacento da Ponte com o 1 a 0.

O retorno do Grêmio à partida mostrou um novo time. A equipe partiu com tudo para o ataque no segundo tempo e não perdeu tempo. Em uma saída errada da Ponte, Pedro Rocha entrou na área, viu Lucas Barrios livre, tocou para o atacante que chutou a gol. A bola desviou na zaga e entrou, sem chance para Aranha defender. O Grêmio empatou aos 11 minutos, 1 a 1. O Tricolor seguiu pressionando, mas a Ponte estava determinada a segurar o placar e sair com o empate. Resultado que de nada servia ao Grêmio. Em jogada onde Fernandinho estava prestes a marcar o gol, aos 25 minutos, Fernando Bob derrubou o jogador na área da Ponte. O pênalti foi cobrado por Lucas Barrios, que não desperdiçou e encheu as redes. De virada, 2 a 1 para o Grêmio.

Barrios deixou o campo aos 39 minutos e foi aplaudido de pé pela torcida gremista. Mas não parou por aí. Aos 42 minutos, Luan cruzou na área, Ramiro ajeitou de cabeça para Everton que, sem deixar a bola cair, marcou um golaço de cabeça e fechou a goleada: 3 a 1. Na próxima rodada, o tricolor gaúcho enfrenta o Vitória. A partida ocorre às 19h30 de quarta-feira, no Barradão, em Salvador.

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Rafael Thyere e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Fernandinho), Ramiro e Luan; Lucas Barrios (Marcelo Oliveira) e Pedro Rocha (Everton). Técnico - Renato Portaluppi.

PONTE PRETA

Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e Jeferson; Fernando Bob (Jean Patrick), Naldo, Jadson (Felipe Saraiva) e Renato Cajá (Negueba); Emerson Sheik e Lucca. Técnico - Gilson Kleina.

DETALHES

Estádio - Arena, em Porto Alegre. Arbitragem - Claudio Francisco Lima Silva (SE), auxiliado por Cleriston Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS