Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Gente

Sertanejo Victor se torna réu no processo de suposta agressão

Uma vara especializada em violência doméstica de Belo Horizonte recebeu a denúncia do Ministério Público do Estado contra o cantor

Divulgação
Victor, da dupla Victor &Léo, é acusado pela mulher de agressão
O cantor sertanejo Victor Chaves, da dupla Victor e Leo se tornou réu na Justiça de Minas Gerais por suposta agressão à sua mulher, Poliana Bragatini. Na última sexta-feira (7), uma vara especializada em violência doméstica de Belo Horizonte recebeu a denúncia do Ministério Público do Estado contra Victor. O cantor nega a agressão. As informações são do G1.

Entenda o caso

No dia 24 de fevereiro, Poliana Bragatini fez um boletim de ocorrência alegando ter sido agredida pelo marido e impedida de deixar o prédio onde morava até então com ele. Ela alegou ter sido empurrada e chutada diversas vezes por Victor. Poliana foi ainda até o IML de Belo Horizonte para realizar o exame de corpo de delito. Dois dias depois, em carta publicada no Instagram, a mulher do sertanejo negou a agressão. O perfil, porém, foi deletado algum tempo depois.

No dia 13 de março a Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte (MG) anunciou que o laudo do Instituto Médico Legal sobre lesão corporal contra Poliana deu negativo. Na época, entretanto, o departamento deixou claro que ainda aguardava o resultado da perícia realizada nas câmeras de segurança do prédio para concluir a investigação. Contudo, a Polícia Civil de Minas Gerais decidiu pelo indiciamento de Victor.

“A PCMG concluiu pelo indiciamento de Victor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688/41, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima”, diz o comunicado oficial da Polícia.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS