Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Segurança reforçada

Fiscalização da BR-116 também será de moto

PRF incorporou mais veículos no patrulhamento depois dos roubos que aconteceram na rodovia

Franceli Stefani/GES/Especial
Agilidade das motos favorece o policiamento em horários de pico da BR

Policiais rodoviários federais iniciaram na tarde desta sexta-feira (17) a nova modalidade de patrulhamento na BR-116. A partir de agora, os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) contam com motocicletas para fiscalizar a rodovia. De acordo com o chefe da primeira delegacia da PRF, Cássio Garcez, a medida visa coibir as ações criminosas na região, como a que aconteceu na tarde da última quinta-feira (16), quando criminosos armados promoveram uma série de roubos aos motoristas que ficaram presos no congestionamento. 

“Em um primeiro momento, agentes do posto de São Leopoldo farão a ronda em pontos vulneráveis, como no quilômetro 247 (onde ocorreram os roubos) no Município e no 240, que fica na altura da subestação, limite com Novo Hamburgo”, explica Garcez. O policial relata que as motocicletas são mais ágeis e conseguem ter mobilidade mesmo com o trânsito intenso nos horários de movimento. “Facilita também pela grande visibilidade que o veículo proporciona, é muito eficiente para monitoramento de pedestres e ciclistas. As motos servirão também para chegarmos mais rápido em locais de colisões”, acrescenta.

Outras ações estão previstas para São Leopoldo. “Teremos uma maior participação do Grupo de Motociclistas Rodoviários (GMR), além do Núcleo de Operações Especiais, que utiliza automóveis e usa armamento mais pesado e lida diretamente com o crime”, afirma.

Usuários de drogas

Garcez explica que pelas características os roubos cometidos na rodovia são típicos de usuários de entorpecentes. “Eles aproveitam a oportunidade do trânsito parado e do bem à vista, então após conseguirem praticar o crime, trocam os pertences subtraídos por droga.” Qualquer movimentação suspeita na rodovia deve ser informada à PRF, através do 191. Ligação é gratuita.

Motoristas mais seguros com o policiamento

Morador das proximidades e proprietário de um estabelecimento comercial na BR-116, um homem que prefere não se identificar diz que tem medo do aumento da criminalidade. Porém, fica feliz em saber que a PRF tomou uma atitude. “A gente fica apreensivo, porque as notícias são tantas e diariamente ruins e tão próximas de nós, que nunca sabemos quando seremos os próximos. Mas quando vi a movimentação das motos fiquei contente”, conta. Conforme o morador, a expectativa é que as motocicletas permaneçam na rodovia. “Nos sentimos protegidos, sem dúvida nenhuma.”

Mesma opinião da funcionária pública Viviane Pereira Cruz, 37 anos, que mora em Novo Hamburgo e diariamente passa pela rodovia. “Soube do que aconteceu durante o dia aqui na BR e fiquei apreensiva, mas saber da ação da polícia me tranquiliza bastante. Precisamos de ação das autoridades, não desculpas”, enfatiza. Garcez garante que as motocicletas serão presença constante na via. “Manteremos a ronda no trecho, teremos uma atenção especial para garantirmos a segurança da comunidade.”


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS