Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Carne Fraca

Europa exige suspensão de importação de carne de frigoríficos envolvidos em fraude

Anúncio foi feito nesta segunda-feira (20) em Bruxelas

AFP/
Unidade da BRF Foods, situada em Chapecó, oeste de Santa Catarina, está sendo investigada pela Polícia Federal por suspeita de adulteração de alimentos
A Comissão Europeia para assuntos de Saúde exige que todas as empresas investigadas na operação Carne Fraca tenham seus produtos impedidos de entrar no mercado europeu. A entidade pede ainda que os membros do bloco adotem "vigilância extra" ao comprar produtos de origem brasileira. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (20), em Bruxelas, na Bélgica, pelo porta-voz Enrico Brivio. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, Brivio afirmou que a medida é um "processo para garantir que todos aqueles envolvidos na fraude não possam exportar para a Europa". O porta-voz disse ainda que Bruxelas manteve "intensos contatos diplomáticos com o Brasil" nos últimos dias. "Pedimos ações e esclarecimentos."

A Coreia do Sul já anunciou que vai suspender temporariamente a importação de frango brasileiro da BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão. A China também decidiu barrar por enquanto as compras de carne bovina do País.

Carne Fraca

A operação Carne Fraca, conduzida pela Polícia Federal, desmontou um esquema de propinas dos frigoríficos pagas aos inspetores sanitários para poder camuflar alimentos inapropriados para consumo. O escândalo veio à tona na sexta-feira, dia 17. 

Ontem, o presidente Michel Temer anunciou, durante uma reunião com embaixadores de países que importam a carne brasileira, que haverá uma "força-tarefa" para fiscalizar os frigoríficos alvos da operação Carne Fraca. Temer lembrou que três das 21 unidades investigadas tiveram as atividades e suspensas e afirmou que todas as 21 serão imediatamente colocadas sob regime especial de fiscalização a ser conduzida por força-tarefa do Ministério da Agricultura.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS