Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Péssimo Gauchão

Vai entender a oscilação colorada na temporada

Inter é 100% na Copa do Brasil e na Primeira Liga, mas no Gauchão está devendo e não é só culpa da arbitragem

Ricardo Duarte/Inter/
D'Alessandro e Víctor Cuesta durante o treino no CT Parque Gigante
Explicar de que maneira, se nem mesmo o Inter entende o porquê dessa oscilação da equipe neste início de temporada. Obviamente que o objeto principal do ano é subir para a Série A do Campeonato Brasileiro, mas ao mesmo tempo o Colorado quer levantar o título de heptacampeão Gaúcho em 2017. Porém, até aqui, o clube tem o segundo pior começo de Estadual da história, e restam apenas quatro jogos na fase classificatória para alcançar as quartas de final do Gauchão. Na 9ª colocação, com 7 pontos, o Inter estaria fora dos mata-matas da competição. O momento é de tomar jeito e correr atrás do tempo perdido. Os 33,3% de aproveitamento no Estadual deixam o torcedor com a pulga atrás da orelha. Como que pode o Inter ter essa campanha pífia no Gauchão, e estar 100% na Copa do Brasil e na Primeira Liga? Um caso complicado de se entender.

Após a derrota para o Juventude, no domingo, em Caxias do Sul, os dirigentes colorados reclamaram muito da arbitragem, que marcou um pênalti inexistente nos acréscimos, mas não se pode culpar os árbitros pelo pouco futebol apresentado no Gauchão, é preciso mostrar outra atitude.

Obrigação

Os colorados se reapresentaram nesta segunda-feira no CT Parque Gigante, quando o lateral Uendel concedeu coletiva. “Sabemos a nossa posição. Jogamos fim de semana com o São Paulo. Sabemos o que fazer, estamos conscientes. Antes tem o jogo de quarta (contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil), mas existe necessidade de vitória no sábado”, ressaltou.

VERMELHAS

Quem desfalca o Inter na quarta-feira, às 21h45, contra o Sampaio Corrêa, no jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil, será o lateral Alemão. O atleta não teve lesão constatada, mas segue com dores no quadril.

O zagueiro Víctor Cuesta pode estrear pelo Inter no sábado, contra o São Paulo, às 19 horas, no Beira-Rio, pela 8ª rodada do Gauchão. A presença dele depende da publicação do seu nome no BID da CBF.

O árbitro Diego Real, que assinalou pênalti inexistente de Junio a favor do Juventude, no domingo, deve ser punido pelo presidente da FGF, Francisco Novelletto. Porém, a decisão do mandatário não deve ser externada.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS