Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Aedes aegypti

RS tem queda nas notificações de dengue; primeiro caso de zika é confirmado na capital

Em 2016, houve 2,6 vezes mais casos que neste ano, informa a Secretária Estadual da Saúde (SES)

Divulgação
Água parada é o principal local para procriação do mosquito
As notificações dos casos de dengue no Estado tiveram redução em 2017 em relação ao ano passado, segundo o Boletim Epidemiológico da Secretária Estadual da Saúde (SES), referente ao período de 5 a 11 de fevereiro. O ano passado teve 2,6 vezes mais casos que em 2017.

Até o momento, foram notificados 458 casos de dengue, sendo quatro importados confirmados. 176 são investigados. Nenhum caso autóctone foi registrado no Estado. Ao todo, são 215 municípios infestados.

Sobre o zika vírus, Porto Alegre registrou o primeiro caso importado em 2017. No total, foram notificados 29 casos registrados no Estado; na região, Canoas, Esteio, Ivoti, Novo Hamburgo e Cachoeirinha tiveram notificações. Em relação aos casos de microcefalia, em 2017, nove casos foram notificados. Destes, dois foram descartados e sete seguem em investigação. 

Já os casos de febre chikungunya, até o momento foi confirmado apenas um caso importado. Ao todo, 80 foram notificados, 35 estão em investigação e 44 casos foram descartados. 

As denúncias dos focos do mosquito Aedes podem continuar sendo feitas ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde pelo telefone 150.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS