Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Polícia

Polícia recupera carros roubados em Canoas e na Capital

Veículos são clonados em Sapucaia. Quadrilha pertence a facção do Vale do Sinos


Sapucaia do Sul – A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira três membros de uma quadrilha especializada em roubos de veículos – dois homens, de 46 e 30 anos, e uma mulher, de 28. Uma perua Volkswagen Spacefox recuperada pelos agentes da Delegacia de Repressão ao Roubo de Veículos (DRV) do Departamento Estadual de Investigações Criminais foi roubada em Canoas, no bairro Marechal Rondon, e já havia sido clonada.

De acordo com os delegados Marco Antônio Guns e Adriano Nonnenmacher, na ação que desarticulou a quadrilha, com sede no bairro Jardim América, em Sapucaia, além das prisões foram apreendidos dois revólveres calibre 38 com numeração suprimida, 18kg de maconha, dezenas de munições, duas balanças, telefones celulares e computadores roubados. Além da Spacefox foram recuperados um Fiat Siena e um Uno, um Toyota Corolla e um Honda HR-V, roubados em Porto Alegre.

Conforme Nonnenmacher, a quadrilha pertence a uma facção criminosa com atuação no Vale do Rio dos Sinos, com pelo menos dois dos presos considerados experientes e de alta periculosidade pela Polícia Civil. Eles têm antecedentes por formação de quadrilha, homicídio, roubos e tráfico de drogas, e um deles era foragido da Justiça. "Os carros eram roubados diariamente, principalmente em cidades como Canoas e em Porto Alegre, e levados a esta base em Sapucaia do Sul, onde eram clonados e revendidos para outras quadrilhas ou trocados por drogas. Com o fechamento de ferros-velhos clandestinos, cresce o câmbio de carros por drogas", disse. Segundo o delegado, os veículos roubados eram usados ainda em outros crimes, como roubos ataques a bancos na região e no Interior do Estado.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS