Compartilhar...

VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Música

Caetano e Gil disputam estatueta no Grammy; Beyoncé tem nove indicações

Brasileiros concorrem na categoria Melhor Álbum de Música do Mundo: "Dois Amigos, Um Século De Música: Multishow Live"
Jorge Bispo/Divulgação PMPA
Gilberto Gil
A estrela americana Beyoncé será a grande favorita da próxima edição dos Grammy, o Oscar da indústria fonográfica americana, ao ser indicada em nove categorias do prêmio, que será entregue em fevereiro. Os brasileiros Caetano Veloso e Gilberto Gil concorrem na categoria Melhor Álbum de Música do Mundo com "Dois Amigos, Um Século De Música: Multishow Live".

Beyoncé compete com seu disco "Lemonade" nas três principais categorias, nas quais a britânica Adele também pode vencer: Álbum do Ano, Gravação do Ano e Canção do Ano. Seguem-na, com oito indicações cada um, Drake, Rihanna e Kanye West.

Também foram indicados a Álbum do ano "Purpose", de Justin Bieber, "Views", de Drake, e a grande surpresa, a cantora alternativa country Sturgill Simpson com "A Sailor's Guide to Earth". Este é o segundo ano em que uma cantora country é indicada nesta categoria, depois de Chris Stapleton, que perdeu no ano passado para Taylor Swift.

Festa para divulgar os resultados

A 59ª edição dos Prêmios Grammy será realizada em 12 de fevereiro de 2017 em uma noite de gala em Los Angeles, depois que 13 mil músicos profissionais registrem seus votos.

Ae Beyoncé vencer em todas as categorias que disputa, baterá o recorde de prêmios para uma artista feminina. A cantora já conquistou 20 prêmios em toda a sua carreira, mas nunca por Álbum do Ano, apesar de ter sido indicada nesta categoria em duas oportunidades.

Outras categorias

Dois dos principais nomes do hip-hop, Kanye West e Drake, foram nomeados em oito categorias, assim como a musa do R&B Rihanna. West, casado com Kim Kardashian, foi recentemente hospitalizado depois de sofrer um colapso mental.

Ele foi indicado após a Academia mudar as regras após aceitar álbuns lançados apenas em "streaming". West passou ainda a comercializar seu último disco, "The Life of Pablo", no Tidal, site de música streaming, e depois em outros sites similares, em um momento em que a demanda pelo formato "online" cresce rapidamente.

 Lukas Graham, o grupo pop dinamarquês com músicas que exploram as desigualdades sociais, foi indicado na categoria Gravação do Ano e Canção do Ano com "7 Years".

Outro artista que se destacou foi Chance The Rapper, o cantor de hip-hop introspectivo de Chigaco, conhecido por seu estilo livre e seu trabalho com Kenny West no passado. O artista recebeu sete indicações, incluindo de Melhor Artista Revelação, apesar de trabalhar há anos com música.

Por outro lado, a lenda do rock David Bowie, cuja morte por câncer surpreendeu o mundo em janeiro, não foi lembrado nas principais categorias da premiação. Contudo, seu aclamado álbum "Blackstar", lançado dois dias antes de sua morte, foi indicado em cinco categorias, incluindo de Melhor Álbum de Música Alternativa.

Por sua vez, Jesse & Joy, Gaby Moreno, Laura Pausini, Sanalejo e Diego Torres são os indicados ao Grammy de Melhor Álbum Pop Latino.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS