Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

PUBLICIDADE
Por dentro do MMA
Indefinição

Fabricio Werdum quer lutar e aguarda UFC definir adversário

Gaúcho ainda não sabe se enfrentará Velásquez ou algum outro lutador
Brasileiro conquistou o cinturão dos pesadosA vitória contra Cain Velásquez e a conquista do cinturão dos pesos-pesados do UFC em junho de 2015 sem dúvidas ficaram marcadas para o gaúcho Fabricio Werdum. Foi uma festa completa para o porto-alegrense, que no combate dominou as ações e acabou finalizando o mexicano com uma guilhotina, levando o título da categoria. A revanche não demorou para ser marcada e era pra ter acontecido em fevereiro deste ano, porém Velásquez teve que deixar a luta por conta de uma lesão. Para o seu lugar, o Ultimate convocou Stip Miocic para lutar em evento realizado em Curitiba, em maio. O gaúcho acabou perdendo o cinturão, sendo nocauteado, e começou a trilhar um novo caminho dentro da organização. Venceu Travis Browne em setembro e o presidente do UFC, Dana White, confirmou uma nova revanche para o mexicano.
O embate está marcado para o dia 30 de dezembro, em Las Vegas. Porém, na quinta-feira, Velásquez declarou em suas redes sociais que não teria condições de lutar por conta de uma lesão semelhante a que lhe tirou de combate no início do ano: um problema nas costas que causa uma pressão no nervo ciático, ocasionando uma dor na perna esquerda. O Ultimate ainda não se pronunciou oficialmente pois um médico da organização vai examinar o mexicano. Caso não tenha condições existe a possibilidade do gaúcho ser retirado do evento, ou então, enfrentar um novo adversário. Cigano é um dos cotados.
Em entrevista para o Jornal NH, Fabricio Werdum garantiu que está pronto para lutar e ficará aguardando as novas orientações do UFC. "Eu estou bem preparado, me preparei muito bem. Fiz o que tinha que fazer, treinei com o Rafael Cordeiro aqui em Los Angeles, o Cobrinha na parte do Jiu-jítsu, preparação física, fiz boxe e dieta, tudo certinho. Só que depois dessa notícia agora ter que esperar o que vão decidir, o que o UFC vai decidir. Se eu luto, luto com o Cigano, ou luto com o Cain Velásquez. O mais importante é que eu tenha essa luta pois eu estou totalmente preparado para esse dia", afirmou o gaúcho.
Werdum também ressaltou que trocar de adversário faltando poucos dias para o combate é uma situação delicada. "Trocar o oponente sete dias antes é meio complicado, pela estratégia. Fizemos um camp inteiro, três meses só pensando em um lutador e daí derrepente troca assim nós últimos sete dias, é meio complicado. Vou ter uma conversa com minha equipe e vamos decidir. Vamos fazer o possível para poder lutar e representar o Brasil e o nosso estado como sempre. Como eu sempre digo, represento o Brasil e tenho orgulho de ser gaúcho."
 
 

Por dentro do MMA

por Bruno Colombo
bruno.colombo@gruposinos.com.br

Bruno Colombo é um fanático admirador das lutas. De praticante a observador, preferiu ficar com a segunda opção. Acompanha os principais eventos de MMA que acontecem no mundo e deseja fazer deste espaço, um canal para compartilhar informações com todos os admiradores do esporte.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS