Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Domingos Martins, 400 - Centro - Canoas/RS - CEP: 92010-170
Fones: (51) 3462.7000 - Fax: (51) 3462.7007

As mais lidas

Motoboy resgata gato e vira herói no Facebook

Eliseu Oliveira do Santos, 24 anos, subiu em uma escada para pegar o animal que estava preso do lado de fora do 3º andar de um apartamento
Eliseu Oliveira do Santos, 24 anos, subiu em uma escada para pegar o animal que estava preso do lado de fora do 3º andar de um apartamento
Era para ser um início de jornada comum para o motoboy Eliseu Oliveira dos Santos, 24 anos. Na tarde de domingo (20), no entanto, a entrega de uma encomenda no Centro transformou-se em um ato de heroísmo. No prédio em frente ao edifício onde fazia a entrega, uma função chamou sua atenção. Moradores tentavam resgatar um gato, que estava preso do lado de fora do apartamento, no 3º andar. Um vizinho filmou a ação e postou no Facebook. Bastou para Eliseu virar herói e movimentar a rede social na segunda-feira. Até as 14 horas, o vídeo tinha 590 mil visualizações e mais de 19 mil compartilhamentos.
A pessoa que postou as imagens escreveu que o gato ficou mais de duas horas no parapeito da janela e quase caiu diversas vezes, tentando entrar pela janela, que tem tela de proteção. “Acabei de presenciar uma cena de loucura e ao mesmo tempo de heroísmo. Tentaram entrar em contato com os donos do apartamento, mas não conseguiram, ligaram para os bombeiros, que estavam atendendo um incêndio...”, diz o relato no Facebook. “Por fim os vizinhos do prédio da frente, juntamente com moradores do prédio onde estava o gato, decidiram resgatá-lo com uma escada. (…) Por fim, o motoboy foi embora sem receber nada em troca e sem ninguém saber quem ele é.”
“Não ia comentar nada para a família”
Bastante tímido, Eliseu Oliveira do Santos não imaginava que sua atitude teria tanta repercussão. “Não ia comentar nada com a família para não me xingarem”, confessa. Ele conta que tem noção de altura, pois trabalhou como metalúrgico e subia em usinas, usando escadas. Com equipamentos de proteção individual, é claro. “Dei dicas de como posicionar a escada, mas percebi que estava com medo da altura. Então, subi”, recorda. Eram cerca de 30 degraus e ainda faltaria um pedaço para alcançar o gatinho. Eliseu segurou-se na própria parede para chegar o mais perto possível do animalzinho, que estava muito assustado e parecia cansado. “Ela veio até mim, queria ajuda.”
Tremedeira depois do salvamento
O vídeo mostra o momento em que Eliseu consegue pegar a gata pelo cangote, segurá-la contra si e descer a escada. “Entrei para um rapaz e fui embora. Quando estava quase chegando no restaurante onde trabalho, deu uma tremedeira. Me dei conta do que fiz e do que podia ter acontecido”, fala o rapaz, que só depois pensou que o gato podia arranhá-lo e ele cair da escada. Morador do bairro Guajuviras, ele é casado, tem um filho de 2 anos e um enteado de 12. E tem um cusco em casa. “Já fui mais apaixonado por animais. Hoje, nem tanto”. Mas não é o que parece, depois de correr tanto risco no domingo. Veja o vídeo:
">

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS