Jornais
FECHAR
  • Jornal NH
  • Jornal VS
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 04/12/2015 - 11:31
Última atualização em 04/12/2015 - 11h31

Ministro da Aviação pede demissão do cargo, afirma jornal

Eliseu Padilha é um dos aliados mais empenhados do vice, Michel Temer

Foto: Divulgação/Blog do Planalto
Eliseu Padilha (PMDB-RS)
O ministro da Aviação, Eliseu Padilha (PMDB-RS), pediu demissão do cargo. Considerado um dos principais aliados do vice-presidente, Michel Temer, Padilha teria ficado desconfortável depois que Eduardo Cunha, também do PMDB, aceitou abrir processo de impeachment da presidente Dilma Roussef. A informação é do site O Estadão.
O peemedebista ainda deve ter uma reunião com Dilma para comunicar sua decisão para a partir daí tornar sua decisão pública. Segundo o jornal, Padilha tentou falar com a presidente na quinta-feira, mas não teve êxito. Para os correligionários do PMDB, ele comunicou nesta manhã (4) sua saída. 
Ontem, Padilha também teria tentado entregar sua carta de demissão ao ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, mas também não teve sucesso. Com isso, ele foi obrigado a protocolar seu pedido, atitude rara na história da República. 
Padilha, que hoje cumpre agenda no Rio Grande do Sul, participaria na sexta-feira da próxima semana, dia 11, de uma reunião na Assembleia Legislativa gaúcha para discutir a proposta do Aeroporto Internacional 20 de Setembro. O encontro segue agendado. 

Publicidade