Jornais
FECHAR
  • Jornal NH
  • Jornal VS
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 02/08/2015 - 08h50
Última atualização em 02/08/2015 - 08h52

Porto Alegre está entre as dez cidades mais inteligentes do País, segundo Fórum Nacional

Premiação será entregue nesta segunda-feira em São Paulo

A capital gaúcha receberá na próxima segunda-feira, 3, um prêmio pela sua colocação entre as dez cidades brasileiras consideradas mais inteligentes. Será às 10h30 durante a programação do Fórum Connected Smart Cities, em São Paulo. O encontro reunirá empresas, entidades e governos para debater melhorias para as cidades que utilizam novas tecnologias e inovação como maneira de encontrar soluções para os problemas que afetam a sua população. O ranking Connected Smart Cities, promovido no âmbito do fórum, relaciona 700 cidades e está divulgado em reportagem especial da revista Exame.

Para a secretária Maria Fernanda Bermudez, do Gabinete de Inovação e Tecnologia da Prefeitura (Inovapoa), que estará presente ao evento, o reconhecimento colabora para dar visibilidade ao trabalho e reforça os indicadores positivos da cidade. "O resultado é uma administração que utiliza novas tecnologias e a inovação para encontrar soluções, ou seja, uma cidade mais inteligente e atenta aos desafios. Quem ganha é a população", ressalta.

Ela cita a parceria da Prefeitura com a IBM, que proporcionou o desenvolvimento da plataforma #POAdigital – Hub, o Programa Cidades Resilientes, em parceria com a Fundação Rockefeller, e o Fórum das Instituições de Ensino Superior de Porto Alegre, como exemplos de iniciativas que ajudam no reconhecimento da cidade como inovadora e conectada com os seus vários públicos de interesse.

Ranking - O ranking Connected Smart Cities foi desenvolvido pela Urban Systems, e será dividido em três resultados: geral, que avaliou todos os indicadores em mais de 700 cidades brasileiras, da qual 50 serão contempladas no resultado final (Porto Alegre está entre as dez); por faixa populacional, listando dez cidades para cada categoria – até 100 mil habitantes, de 100 a 500 mil e acima de 500 mil habitantes; por segmento, que vai apontar as cinco cidades em cada um dos setores considerados prioritários.

Publicidade