Jornais
FECHAR
  • Jornal NH
  • Jornal VS
  • Jornal de Gramado
  • Diário de Cachoeirinha
  • Correio de Gravataí
Grupo Sinos
Publicado em 15/03/2015 - 16h30
Última atualização em 15/03/2015 - 21h22

Manifestação pacífica na Praça do Avião

Segundo a PRF, 100 pessoas participaram do ato ao lado da BR

Manifestação iniciou na Praça do Avião e segue até a Prefeitura
 
Canoas - Começou por volta das 16 horas deste domingo, 16, a manifestação em Canoas. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), 100 pessoas participaram do ato, em frente à Praça do Avião, no Centro. Não houve bloqueio na BR-116. O grupo seguiu pela Getúlio Vargas em direção ao viaduto do Centro. 
 
Comparado a outras cidades, foi bastante tímida a manifestação popular nas ruas canoenses. Na quinta-feira, por exemplo, ato em defesa da Petrobras e dos direitos dos trabalhadores juntou cerca de mil pessoas em frente a Refinaria Alberto Pasqualini, no bairro Brigadeira.
 
Da Praça do Avião, os manifestantes subiram a passarela mais próxima, onde estenderam faixas e fizeram panelaço antes de uma caminhada que costeou a BR-116, foi até o Viaduto do Centro e retornou à Praça até a dispersão. Se os manifestantes conseguiram pouca adesão na caminhada, a simpatia dos motoristas foi satisfatória. Vários condutores respondiam com buzinadas a acenos e sacudir de bandeiras dos protestantes. A Polícia Rodoviária Federal, que acompanhou o protesto, considerou o ato pacífico, sem baderna e transtorno algum. Entre os manifestantes, a insatisfação era comum, mesmo que por motivos diversos. 
 

Publicidade